NÃO HÁ CULTURA DO ESTUPRO? COMO ASSIM?

Primeiramente, todos os dias somos bombardeados pela mídia (seja ela rádio, televisão,sites de noticias…) falando sobre a cultura do estupro, a verdade é que essa cultura não existe.

Em segundo lugar, a palavra cultura tem origem no Latim culturae e quer dizer ação de tratar,cultivar a mente e os conhecimentos. Ou seja, dizer que há, realmente, uma cultura do estupro, é como dizer que cultivamos isso, que ensinamos como estuprar.

Além disso, de acordo com o site compromisso e atitude durante os dez primeiros meses de 2015  3.064 mulheres sofreram com violência sexual.

Em vista disso, podemos  afirmar que a sociedade não pode se calar em frente a esses números gigantescos quando o assunto é a violência sexual contra a mulher, mas não pode-se dizer que o estupro é uma cultura, pois, ele não é cultura, e sim uma barbárie.

 

Anúncios

2 comentários sobre “NÃO HÁ CULTURA DO ESTUPRO? COMO ASSIM?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s