DIA DE POETIZAR: FLORBELA ESPANCA

Uma grande poetiza com grandes poemas e uma vida nada fácil, assim viveu Flor Bela Lobo que se auto nomeou como Florbela d’Alma da Conceição Espanca. Sua poesia retrata sua vida inquieta, com sofrimentos íntimos, ela retrata isso  com feminilidade e erotização em toda a sua obra. Florbela viveu apenas 36 anos mas foi o suficiente para deixar-nos uma coleção de poemas íntimos de altíssima qualidade como o poema alma perdida que foi narrado por Miguel Falabela


 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s