DIA DE POETIZAR: JOÃO CABRAL DE MELO NETO

Morte e vida Severina é uma obra do escritor João Cabral de Melo Neto publicada em 1955. O autor escreve uma peça teatral em versos curtos para abordar um assunto em grande escala o povo nordestino da década de 50, a seca.

Além disso a palavra Severina presente no titulo da obra é um adjetivo que sugere uma ampliação de sentido, o que é confirmada logo nas primeiras falas da personagem quando essa se apresenta percebe que, sua situação particular não é diferente dos demais sertanejos da época. Todos eles eram igualmente vitimas da seca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s